A maioria dos deputados municipais revelou-se, ontem à noite, favorável à reapreciação da decisão sobre a extinção da Provedoria do Cidadão com Deficiência proposta pelo PS, votando ainda favoravelmente as recomendações da CDU e do Bloco de Esquerda, para o levantamento das acessibilidades às habitações e transportes públicos.

O assunto, que foi debatido em Assembleia Municipal extraordinária solicitada pelo Partido Socialista, acontece um dia depois do Executivo municipal ter aprovado a criação do cargo do Provedor do Munícipe.
Após a apresentação da proposta de recomendação do PS, que foi apresentada pela deputada socialista Patrícia Faro, Rui Moreira reiterou, na sessão extraordinária de quarta-feira à noite, que estava a cumprir com o seu manifesto de candidatura que já previa a criação do Provedor do Munícipe. Citado pelo Lusa, recordou que “o assunto foi deliberado em campanha eleitoral, portanto, estou muito satisfeito por o meu executivo cumprir rapidamente o que prometemos”.
Voltou também a frisar que o Gabinete para a Inclusão continuará a desenvolver o seu trabalho como até aqui, agora sob responsabilidade direta do pelouro da Coesão Social, o que contribuirá até para a capacitação do próprio organismo, dado que poderão ser tomadas decisões executivas que não estão ao alcance de uma provedoria, esclareceu.

Facebook
Twitter
Instagram