Júlio Magalhães, Diretor Geral do Porto Canal, em reação à notícia avançada pelo jornal I em que apontava para um alegado financiamento ilegal das Câmaras ao Porto Canal, afirmou que existe sim um financiamento das autarquias mas que este é legal senão não estaria “no portal do Governo como está” salientando ainda que existem acordos de “divulgação e promoção do território”.

Facebook
Twitter
Instagram