No dia 10 de fevereiro, sábado, às 17h00, vai realizar-se, no Diana Bar, a apresentação do livro de poesia e arte APENAS UMA MÃO de Carlos Nascimento.

A sessão terá participação de Clotilde Abrantes, Aurelino Costa, Ramiro Reis Pereira, um representante da editora Edições Esgotadas e dos músicos Álvaro Maio, Noé Gavina e José Peixoto.
Segundo Clotilde Abrantes, autora do Prefácio do livro, “esta obra poética e pictórica emerge como um contributo para a iluminação de mundos através do belo que brotou “Apenas uma Mão” para Tantos lados em Tantos tempos.
O poema é a simbiose de ambas. A tela foi a sua libertação transcendendo o Tempo para outras dimensões.”
Carlos Nascimento é natural de Trás-os-Montes, Portugal. Viveu em Paris, Madrid, Vigo, Póvoa de Varzim, Vila do Conde e Vila Nova de Cerveira. Reside em Cascais.
Estudou Pintura e Escultura na Escola Artística do Porto. Trabalhou em Madrid com o pintor mestre espanhol José Freixanes.
Expôs individualmente e coletivo em mais de 70 exposições e Bienais de Arte, em Portugal e Espanha. Organizou diversas exposições coletivas temáticas, em Portugal e em Espanha. É autor de Cartazes, Catálogos e Ilustrações.
Está representado em várias organizações hoteleiras, em Portugal e Espanha, e ainda em Coleções de Arte Pública e privadas na Europa, América do Norte, Canadá e América do Sul.
Em 1985, editou um livro de poesia intitulado “EGO” com edição de autor.

Facebook
Twitter
Instagram