O filme “Russa”, produzido no âmbito do programa municipal Cultura em Expansão, é exibido a 19 de fevereiro, pelas 16 horas, no Berlinale – Festival Internacional de Cinema de Berlim.
Realizado por João Salaviza (vencedor do Urso de Ouro naquele festival em 2012) e Ricardo Alves Jr., o filme que retrata pedaços do Bairro do Aleixo é um dos principais destaques do prestigiado evento, a decorrer na capital alemã entre 15 e 25 de fevereiro. Ali competirá com outros 21 filmes de 18 países na secção de curtas-metragens, na qual estão em causa o Urso de Ouro, o Urso de Prata, o Prémio Audi (20 000 euros) e a nomeação para os Prémios do Cinema Europeu.
O realizador português Diogo Costa Amarante, vencedor do Urso de Ouro em 2017, o realizador e curador norte-americano Mark Toscano e o realizador e académico sul-africano Jyoti Mistry integram o júri deste ano na secção de curtas da Berlinale, onde a ênfase é posta nas narrativas ficcionais que vão além dos formatos habituais em busca de novas formas dramatúrgicas que potenciem a tensão e o suspense.
Coproduzido pelo Pelouro da Cultura da Câmara do Porto e apresentado no Rivoli durante o espetáculo de encerramento do Cultura em Expansão, em dezembro último, “Russa” resultou do convite municipal a João Salaviza e Ricardo Alves Jr. para uma residência artística que levou a dupla de realizadores ao Bairro do Aleixo. Ali recolheram narrativas e intimidades, particularmente da antiga habitante de alcunha Russa que regressa ao bairro, onde encontra familiares, amigos e memórias pessoais e da comunidade, que compõem o filme.
Facebook
Twitter
Instagram