A segunda parte do encontro entre o Estoril Praia e o FC Porto, da 18.ª jornada da I Liga portuguesa de futebol, vai disputar-se em 21 de fevereiro, anunciaram hoje a Liga e os dois clubes.

O encontro foi interrompido na segunda-feira, ao intervalo, devido a problemas de segurança numa das bancadas do Estádio António Coimbra da Mota, que motivaram a sua evacuação e obrigaram centenas de adeptos dos ‘azuis e brancos’ a descer para o relvado.
Em comunicado, a Liga revela que, na sequência da interrupção do referido jogo, “decidiu reagendar o mesmo para o dia 21 de fevereiro, pelas 18:00”.
Na mesma nota, a Liga indica que aguarda ainda pela confirmação e horário por parte da UEFA, uma vez que esse dia é de Liga dos Campeões, prova na qual o FC Porto disputa os quartos de final – recebe na quarta-feira anterior (14 de fevereiro) o Liverpool.
Os dois clubes, a liga de clubes e elementos do Laboratório Nacional de Engenharia Civil e da Câmara Municipal de Cascais estiveram hoje no recinto, para analisar os problemas na estrutura da bancada norte.
Os ‘canarinhos’ reconheceram na segunda-feira que a bancada norte tinha tido um abatimento ao centro, o que obrigou à retirada dos adeptos e ao adiamento da segunda parte do encontro, numa altura em que o Estoril Praia vencia por 1-0.
De acordo com o Regulamento de Competições, quando um jogo não se conclui por razões fortuitas ou de força maior, deve completar-se nas 30 horas seguintes, com algumas exceções, nomeadamente se estiver em causa a segurança dos agentes desportivos ou espetadores.
À entrada para a 18.ª jornada, o FC Porto liderava o campeonato, estando agora na segunda posição a um ponto do Sporting, que no domingo derrotou o Desportivo das Aves, por 3-0.

Facebook
Twitter
Instagram