Intolerância, racismo, xenofobia e homofobia são os principais temas abordados nos oito filmes que o Cineclube do Porto selecionou para exibir durante este mês na Casa das Artes.”120 batimentos por minuto” (“120 battements par minute”), o filme de Robin Campillo que venceu o Grande Prémio do Júri no Festival de Cannes, abre hoje mesmo este ciclo, pelas 21,30 horas.

A obra-prima de Friedrich Wilhelm Murnau “O Último dos Homens” (“Der letzte Mann”), o filme de culto “O Cão Branco” (“White Dog”) de Samuel Fuller e o polémico “Get Out” (“Foge”) de Jordan Peele são alguns dos outros títulos programados para janeiro.
O ciclo inclui também “This is England” (“Isto é Inglaterra”) de Shane Meadows, já no próximo sábado, “Morrer como um Homem” de João Pedro Rodrigues, “Quand On a 17 Ans” (“Quando se tem 17 anos”) de André Téchiné e “I am not your negro” (“Eu não sou o teu negro”) de Raoul Peck.
Facebook
Twitter
Instagram