A primeira exposição do ano no Museu Nacional da Imprensa é dedicada à liberdade de expressão e abre no próximo sábado, dia 6, às 16 horas.

A inauguração representa o início das celebrações do 20.º PortoCartoon-World Festival, evocando umas das grandes figuras do certame de humor: o cartunista francês Georges Wolinski, assassinado no ataque terrorista de 7 de janeiro de 2015 na redação do Charlie Hebdo.
Esta mostra reúne cerca de 70 livros da autoria de Wolinski, além de muitas expressões do antigo presidente do júri do PortoCartoon-World Festival, sobre a importância da liberdade e do humor. Wolinski foi presidente do júri durante uma década.
“LIBERDADE + HUMOR = WOLINSKI” pretende sublinhar a força da Liberdade de Imprensa que o atentado de há dois anos contra a publicação francesa quis calar.
O cartunista brasileiro Cau Gomez, que terminou a sua residência artística na Casa Wolinski no final de dezembro, estará presente na inauguração terminando assim a sua estadia.
O convite à participação no PortoCartoon 2018 está a ser lançado aos artistas de todo o mundo, apontando “LIMPAR O PLANETA” como tema principal e Amália Rodrigues e Woody Allen para Prémios Especiais de Caricatura. Está também a decorrer a receção de trabalhos do novo certame nacional, o PortoCartoon Juvenil, sendo que a data-limite para ambos é 28 de fevereiro.

A mostra “LIBERDADE + HUMOR = WOLINSKI” ficará patente no Museu Nacional da Imprensa até 31 de março de 2018.
Facebook
Twitter
Instagram