Entre 1 de Janeiro e 31 de Dezembro de 2017, o Albergue de Santa Clara alojou um total de 5231 peregrinos, mais do que duplicando o número total de peregrinos acolhidos em 2016, num total de 2542.

A nacionalidade com maior número de peregrinos corresponde à alemã, com 2054, seguidos dos polacos, com 794, dos italianos, com 541, dos holandeses, com 370, dos espanhóis, com 356 e dos americanos, com 335. No total o albergue recebeu 55 nacionalidades diferentes, mais 4 do que no ano anterior e representativas dos 5 continentes.
A grande maioria dos peregrinos inicia o Caminho Português na cidade do Porto, mas também os há, em grande quantidade, que escolheram Lisboa como ponto de partida. Em menor quantidade há os que declararam Vila do Conde como ponto de início da sua caminhada. Facto curioso é o de notar um fluxo crescente de peregrinos que partem de Santiago de Compostela a caminho de Fátima.
Durante este ano foram muitos os dias em que aquele equipamento esteve completo, sinal da atratividade que o Caminho Português está a ter e dando um sinal claro e positivo sobre o que ocorrerá em 2018.
A qualidade das instalações e das pessoas que têm feito o acolhimento dos peregrinos, entre voluntários e funcionários, é um dos pontos fortes mencionados pelos peregrinos das múltiplas mensagens que deixam ficar no Albergue de Santa Clara. Há, inclusivamente, peregrinos que, uma vez chegados a Santiago de Compostela, regressam ao Albergue de Santa Clara, partilhando a sua experiência e apreço pelo acolhimento feito.
A Câmara Municipal de Vila do Conde tem vindo a fazer um esforço no sentido de qualificar o Caminho Português no seu território, onde se destaca a colocação de nova sinalização do Caminho Português da Costa e do Caminho Português Central e de novos painéis informativos.
A todos os peregrinos: Bom Caminho.

Facebook
Twitter
Instagram