O Serviço de Urgência do Hospital Padre Américo, em Penafiel, atendeu mais de 750 doentes, em apenas 24 horas, entre esta quinta e sexta-feira. Foi o maior registo da história de uma unidade hospitalar que, em média, recebe 400 doentes por dia. Destes doentes, 129 foram catalogados com cor laranja, a segunda mais grave do sistema de triagem implementado.

Devido à enorme afluência à Urgência, a administração do Hospital acionou o plano interno, que entre outras medidas prevê o cancelamento de cirurgias não urgentes, e o horário dos centros de saúde do Tâmega e Sousa foi alargado.
O Centro Hospitalar do Tâmega e Sousa (CHTS), no qual está integrado o Hospital Padre Américo, refere que “o Serviço de Urgência registou um pico de afluência superior a 750 doentes, em vez da habitual média de 400 doentes por dia”. “Trata-se assim de um registo de afluência recorde e pouco comum, sendo que além de três doentes com cor vermelha, entraram 129 com cor laranja, o que indicia uma gravidade assinalável e naturalmente prioritários”, acrescenta.
O CHTS explica que “este congestionamento do Serviço de Urgência deve-se ao excessivo afluxo de doentes com síndromes gripais e patologias associadas à gripe, além de outras situações mais complicadas derivadas de diversas patologias como AVC”.

Facebook
Twitter
Instagram