Concelho de Póvoa de Varzim faz protocolo com Autoridade Tributária, na sequência de alteração legislativa. Outros municípios podem avançar com a mesma medida.

A partir de janeiro serão as Finanças a cobrar as dívidas de água na Póvoa de Varzim. A alteração da lei dá às câmaras a possibilidade de protocolarem com a Autoridade Tributária a cobrança de taxas em falta. A Póvoa será o primeiro concelho do distrito a aderir, mas já há outros que se preparam para avançar. A Autarquia reconhece que tem “algumas dezenas de milhares de euros” em dívidas que não consegue cobrar. O Fisco tem outros meios e, a partir de agora, água em atraso pode rapidamente resultar em penhora.

Facebook
Twitter
Instagram