Diego Reyes e Iván Marcano são dois dos casos que a SAD do FC Porto está a gerir com pinças. Com mercado e em final de contrato, a ideia dos azuis e brancos é segurar os jogadores no Dragão, sendo que já haverá, noticia A Bola, um plano para que isso aconteça.

 De acordo com o explicado, quer num quer noutro caso, a SAD liderada por Pinto da Costa estará disposta a bater o tecto salarial do clube, mas não entrando em loucuras.
Segundo o explicado, no acordo de renovação que será apresentado aos dois centrais, deverá ser entregue uma proposta salarial na ordem dos dois milhões de euros.
Será considerado pelos azuis da Invicta que este será um valor aceitável para a realidade europeia, não existindo Europa fora emblemas capazes de oferecer muito mais pelos jogadores.
Facebook
Twitter
Instagram