As buscas para encontrar uma mulher que desapareceu num naufrágio de uma embarcação de recreio, ao largo do Porto, foram retomadas às 07:30, adiantou à agência Lusa uma fonte do Centro Coordenador de Busca e Salvamento Marítimo.

No domingo, o capitão do Porto do Douro e Leixões, Rodrigues Campos, tinha informado que as buscas tinham sido interrompidas às 17:10, sem sucesso.
Nas buscas, que decorreram por mar e por terra, estiveram envolvidos elementos da Polícia Marítima, dos Bombeiros Sapadores do Porto e do serviço de Salvamento Balnear da Câmara de Matosinhos.
Participaram também nas buscas uma lancha e uma moto de água do Instituto de Socorros a Náufragos (ISN), uma corveta da Marinha e um helicóptero da Força Aérea Portuguesa.
Rodrigues Campos disse também no domingo que as buscas hoje iriam decorrer também por mar e por terra, mas sem a presença do meio aéreo.
A mulher de 40 anos está dada como desaparecida desde as 00:00 de sábado, altura em que foram iniciadas as buscas.
Na altura do acidente, a embarcação de recreio levava, além da mulher, um homem de 45 anos, resgatado pelas autoridades apenas com alguns ferimentos e que terá perdido o controlo da embarcação, que veio a embater numa zona rochosa da praia do Castelo do Queijo.

Facebook
Twitter
Instagram