A Câmara foi hoje distinguida, através da empresa municipal Águas do Porto, com o galardão “Município Mais Azul de 2017”, atribuído pela Associação Bandeira Azul da Europa e pela Agência Portuguesa do Ambiente. No Norte, foi o único concelho reconhecido.
Promovida pela Coordenação Nacional do Programa Bandeira Azul e pela Agência Portuguesa do Ambiente, esta distinção, atribuída pela primeira vez em 2016 ano em que também galardoou o Porto, pretende reconhecer e premiar os municípios que obtiveram a pontuação mais elevada na avaliação do segundo critério imperativo da candidatura do programa Bandeira Azul, ou seja, a implementação de atividades de educação ambiental.
Para Mário Santos Pinto, administrador executivo da empresa municipal, esta distinção “é um motivo de orgulho pelo trabalho desenvolvido durante a época balnear pela equipa da Educação Ambiental, conjuntamente com todas as equipas envolvidas no seio da empresa, e é também um prémio de que a cidade do Porto e os portuenses se devem orgulhar”.
O Porto foi o único concelho do Norte a receber a distinção. O título de “Município mais Azul” foi também atribuído a Cantanhede e Aveiro (Centro), Mértola e Odemira (Alentejo), Horta (Açores), Vila Real de Santo António (Algarve), Lourinhã (Tejo) e Funchal (Madeira).
Águas do Porto premiada com o Selo de Qualidade Água para Consumo Humano
Recentemente, a Entidade Reguladora dos Serviços de Águas e Resíduos distinguiu a Águas do Porto com o Selo de Qualidade Exemplar de Água para Consumo Humano.
A iniciativa visa identificar, distinguir e divulgar exemplos de referência em Portugal relativos à prestação dos serviços de abastecimento público de água.
Os “Prémios e Selos de Qualidade dos Serviços de Águas e Resíduos – ERSAR 2017” foram entregues durante a 12ª Expo Conferência da Água, inserida na iniciativa da Entidade Reguladora dos Serviços de Águas e Resíduos e organizada em parceria com o jornal Água&Ambiente.
Facebook
Twitter
Instagram