Porto e Lisboa têm mais elementos do que os restantes 32 municípios. Oficiais da PSP alertam para a escassez de efetivos.

Num altura em que se multiplicam as queixas dos comandos da PSP do Porto e de Lisboa sobre a escassez de efetivos, as polícias municipais (PM) das duas principais cidades do país têm cerca de 850 agentes da PSP em comissão de serviço. Só este ano saíram mais 238 elementos da PSP para as PM daquelas duas cidades, de acordo com números fornecidos pelo ministro da Administração Interna, Eduardo Cabrita, durante a discussão do Orçamento do Estado para 2018. Ontem [ler página 21], mais 60 entraram ao serviço municipal no Porto.

Facebook
Twitter
Instagram