O antigo candidato à presidência do Sporting enviou carta ao presidente do Conselho Fiscal da SAD a pedir uma auditoria às transferências de dez jogadores.

Pedro Madeira Rodrigues oficializou, esta segunda-feira, o pedido de auditoria à “Aquisição e Alienação de Direitos Económicos e Desportivos de Profissionais de Futebol”, numa carta registada enviada a António Rui Moreira de Carvalho, presidente do Conselho Fiscal da Sporting, e Nuno Silvério Marques, presidente do Conselho Fiscal e Disciplinar do Sporting.
“Tendo em conta as recentes acusações públicas graves, nomeadamente a do crime
de peculato, feitas contra o atual presidente do Clube, Bruno de Carvalho, a respeito do
processo de aquisição dos direitos económicos e desportivos do jogador Junya Tanaka, a que se seguiu uma defesa do próprio presidente, cuja aparente contradição em relação aos factos daquele processo adensou a suspeita criada, venho por este meio solicitar a realização de uma auditoria urgente à transferência de alguns jogadores da equipa principal de futebol de forma a defender o nome do atual presidente e do próprio Sporting Clube de Portugal e  esclarecer quaisquer dúvidas que existam”, escreveu.
O candidato derrotado nas últimas eleições do Sporting, passou das palavras à ação e sugeriu a realização de uma auditoria às transferências, de forma a esclarecer para onde foi o dinheiro pago em comissões de compra e venda de jogadores, e afastar as suspeitas do envolvimento de Bruno de Carvalho, que foi acusado de amealhar comissões referentes aos negócios de venda de jogadores.

Facebook
Twitter
Instagram