A sede e uma parte significativa dos serviços da Autoridade Nacional do Medicamento e Produtos de Saúde (Infarmed) vão ser transferidos de Lisboa para o Porto já em janeiro de 2019.

Após a “notícia dececionante” de ontem, a não escolha da candidatura nacional à Agência Europeia do Medicamento (EMA), um processo ganho por Amesterdão, “a boa notícia” chegou ao presidente da Câmara do Porto hoje de manhã bem cedo.
Em conferência de imprensa dada esta tarde, Rui Moreira comunicou que foi contactado pelo primeiro-ministro, António Costa, e pelo ministro da Saúde, Adalberto Campos Fernandes, dando conta da decisão do Governo em deslocalizar o Infarmed para o Porto. Questionado sobre a disponibilidade do Município em apoiar “a instalação breve da instituição na cidade”, o autarca foi pronto a responder: “Disse que o vereador Ricardo Valente, que teve o dossier EMA, passará imediatamente a tratar desta questão no sentido de garantimos as condições logísticas” para que a transferência de serviços possa realizar-se “rapidamente”.

Facebook
Twitter
Instagram