O Metro do Porto e a STCP anunciaram, esta sexta-feira, que vão baixar o consumo de água para metade, medida que faz parte de um plano de poupança, “atendendo à situação de seca” em Portugal.

Segundo Jorge Delgado, presidente do Conselho de Administração do Metro do Porto e da STCP, estas medidas estão em linha com as orientações do Ministério do Ambiente para que se “reduzam, objetiva e rapidamente, os consumos de água”.
“O Metro do Porto e a STCP têm um papel na comunidade, devem dar o exemplo e assumir a sua responsabilidade social junto dos cidadãos”, indicou, em comunicado.
Estas são “medidas de exceção, mas que vão, no imediato, fazer diminuir para metade os atuais consumos de água”, garantiu o responsável, segundo o qual “este plano de contingência é mesmo radical e vai estar em vigor pelo período de tempo necessário até a situação normalizar”.

Facebook
Twitter
Instagram