A Câmara do Porto vai reabilitar, por um valor máximo de 540 mil euros, dois edifícios residenciais na zona histórica, indica um anúncio de procedimento publicado esta sexta-feira em Diário da República.

O anúncio é da autoria da Empresa Municipal Domus Social, que gere as casas municipais, e diz respeito à recuperação de “edifícios habitacionais situados na rua Azevedo de Albuquerque, n.ºs 70 e 76”, junto à rua da Restauração.
O prazo da empreitada é cerca de um ano e o preço base do concurso é de 540 mil euros, tendo sido fixado o critério de adjudicação à “proposta economicamente mais vantajosa” e sendo referida a necessidade de visto prévio do Tribunal de Contas.
No fim de setembro, durante a campanha eleitoral, o atual presidente da Câmara do Porto, o independente Rui Moreira, revelou que “desde o fim de maio” a autarquia atribuiu 32 casas a famílias que quiseram regressar ao centro histórico, onde existem mais “cerca de 200 projetos em carteira”.

Facebook
Twitter
Instagram