Foi com o sociólogo norte-americano Richard Sennett, e a necessidade de uma nova abordagem que pense as cidades como sistemas abertos e complexos, que arrancou neste domingo, no Teatro Rivoli, o Fórum do Futuro.

Este ano subordinado ao tema “Terra Eléctrica”, o festival decorre até ao próximo sábado, 11 de novembro, nos palcos maiores da cidade.
Logo na abertura – a que assistiu o presidente da Câmara, Rui Moreira, entre outras individualidades – ficou espelhado o conceito do Fórum do Futuro, um evento do Porto que pensa o mundo global e os desafios de novos tempos, entre a filosofia, as ciências e as artes, com um programa indagador, refletivo e naturalmente provocador.
Todas as iniciativas são de entrada gratuita, mediante levantamento do bilhete no dia e no local da sessão (máximo de dois por pessoa).

Facebook
Twitter
Instagram