O presidente dos leões foi convidado de honra do aniversário do Núcleo de Almoçageme, no qual discursou e deixou alguns recados.

“Os sportinguistas estavam acomodados, era costume perder, e agora o que vejo é sportinguistas orgulhosos e esperançosos, e cada vez mais preocupados com o seu clube e o mundo do desporto. Iniciamos a reestruturação financeira e administrativa e luta tremenda pela verdade desportiva. Vejo os casos dos emails”, começou por relembrar.

“Vão-se trocando acusações, mas há cinco anos que denuncio tudo que tem sido tornado público. E era um demagogo, um incendiário, era tudo, mas as pessoas agora têm a prova do que eu dizia. E começam a entender porque disse, várias vezes, que tenho vergonha de pertencer ao mundo do futebol. Há coisas que para mim era impensável ter de lidar e assistir. Vim de um mundo que não era fácil, saí do mundo da construção civil sem saudade, porque estava farto. Há momentos e há dias em que tenho saudades desse mundo da construção civil. É inacreditável para quem estava tão farto”.

Facebook
Twitter
Instagram