O primeiro-ministro sustentou hoje que os dados do crescimento económico e da execução orçamental demonstram que a política do Governo está “no caminho” certo e defendeu que, quando é assim, há que “não mudar de caminho”.

À margem de uma reunião sobre o próximo quadro de fundos comunitários, no ISCTE – Instituto Universitário de Lisboa, questionado sobre a estratégia proposta por um grupo de economistas para o Orçamento do Estado para 2018, António Costa disse que “qualquer estudo é sempre bem-vindo, oportuno, é sempre um contributo interessante”.

Depois, interrogado se admite aliviar o processo de ajustamento orçamental, respondeu: “A nossa trajetória de ajustamento está definida, consta do nosso Programa de Estabilidade, que estamos a cumprir. E, felizmente, quer a economia, quer a execução orçamental demonstram que estamos no caminho certo”.

“E, quando se está no caminho certo, há uma boa coisa a fazer: é não mudar de caminho, e dar-lhe continuidade”, defendeu, acrescentando que “mais importante do que tudo é dar-lhe sustentabilidade duradoura”.

Facebook
Twitter
Instagram