Estava desaparecido desde o passado dia 7 e foi encontrado este domingo, no Cais das Pedras, próximo da Alfândega, no Porto. Em causa está o turista norte-americano, que saltou da ponte Luis I e nunca mais foi visto após o mergulho, que se revelaria fatal.

O corpo foi encontrado este domingo pela Polícia Marítima, tendo sido depois levado para o Instituto de Medicina Legal pelos Bombeiros de S. Pedro da Cova. Ao JN, uma fonte da corporação gondomarense confirmou tratar-se do americano e adiantou que o Instituto de Medicina Legal já estava na posse dos dados.

No dia 7, à tarde, ao passar pela ponte Luis I, o turista dos EUA terá gostado bastante dos saltos para a água, a cargo dos jovens da Ribeira, e decidiu também lançar-se ao rio.

Após o salto do tabuleiro inferior, o americano ainda se aguentou à tona da água e foi visto junto à Ribeira, do lado do Porto, mas depois submergiu. A namorada que o acompanhou durante as férias no nosso país assistiu a tudo. Na altura, as autoridades não deram qualquer explicação.

Durante essa tarde foram encetadas as operações de busca e salvamento, que seriam interrompidas ao final do dia, por falta de condições de visibilidade.

No dia seguinte, as buscas foram retomadas de manhã, com elementos da Polícia Marítima, da Estação de Salva-Vidas da Foz do Douro e dos Sapadores do Porto.

Facebook
Twitter
Instagram