Em 2019, depois de cinco anos de diminuição continuada, a emigração portuguesa dá indícios de tender para estabilizar num patamar da ordem das 75 mil saídas anuais.
O crescimento registado entre 2018 e 2019, de 75 para 80 mil saídas, deveu-se, no essencial, a um maior número de entradas de portugueses no Reino Unido, no que parece ser uma concentração de decisões de emigração para aquele país motivadas por receios de eventuais bloqueios uma vez consumado o Brexit.

Facebook
Twitter
Instagram