“Grande parte da região Norte já tem uma incidência inferior a 240 casos por 100 mil habitantes [o nível mais baixo]”.
A informação foi confirmada pelo especialista da Direção Geral de Saúde (DGS), André Peralta Santos, que salientou que no que respeita ao número de internamentos “há também uma consolidação desta tendência”, já com “valores aproximados aos do de meados do mês de novembro”. Um número que não se verifica, contudo, em unidades de cuidados intensivos.
“Em relação à mortalidade, [o número] é também inferior ao nacional”, destacou.
Atualmente, de acordo com o último boletim epidemiológico da DGS, há apenas 15 concelhos em risco extremo devido ao número de casos covid-19, ou seja, com mais de 960 casos por 100 mil habitantes. Na última semana, recorde-se, eram 119 os concelhos nesta situação. 
Baltazar Nunes, do Instituto Nacional de Saúde Dr. Ricardo Jorge, salientou que a estimativa média do índice de transmissibilidade (Rt) para os últimos cinco dias analisados, entre 13 e 17 de fevereiro, é “o valor mais baixo que estimamos desde o início da epidemia”, correspondente a 0,67.

Facebook
Twitter
Instagram