Nos dias 26 e 27 de fevereiro, o Correntes d’Escritas marca encontro com o seu público para a 22ª edição, a realizar-se em formato online. O grande festival literário irá ser vivido de forma exclusivamente virtual, mas com a mesma paixão e garantia de acesso livre para todos, sem inscrição prévia, através da transmissão em direto via internet, no portal da Câmara Municipal da Póvoa de Varzim.
O arranque do Encontro de Escritores de Expressão Ibérica está marcado para as 11h00 de sexta-feira, com a realização da Cerimónia de Abertura, que irá promover o anúncio dos vencedores dos Prémio Literários Casino da Póvoa e Fundação Dr. Luís Rainha e a apresentação da Revista Correntes d’Escritas, inteiramente dedicada ao escritor Luís Sepúlveda.
Com os afetos e as cumplicidades de sempre, estas serão umas Correntes “Fora da Caixa”, num formato diferente, com participações e testemunhos improváveis, por uma vez à distância, mas em casa de cada um de nós, mesmo daqueles que, em anos anteriores não puderam participar. Assim, estas serão as Correntes de todos. E mesmo os poveiros da diáspora terão momentos de conforto.
Ao longo dos dois dias, a 22ª edição do festival promete uma intensa viagem por entre mesas, conversas a dois, partilhas de memórias, sugestões, leituras e projetos especiais como As Penélopes, Residência “Casa Vazia”, Vozes transeuntes nos lugares da poesia, Revista Correntes d’ Escritas e Leituras em família. Pelo meio da emissão teremos memórias, leituras, poesia, sugestões de livros e muito mais.
O grande evento finda às 18h30 de sábado, com a leitura da História da Gaivota e do Gato que a Ensinou a Voar, por parte de toda a equipa responsável pelo Correntes. Uma homenagem merecida a Luís Sepúlveda, o autor destas Correntes, presente em todos os momentos, que se agigantam e vão ao encontro de todos.

Facebook
Twitter
Instagram