Mais de 61 mil pessoas, equivalente à população da Moita, vão estar a trabalhar nas 12.287 mesas de voto nas presidenciais de 24 de janeiro, parte delas neste domingo, no voto antecipado.
De acordo com dados do Ministério da Administração Interna (MAI), haverá 61.435 cidadãos em mesas de voto, um número idêntico à população do concelho da Moita, distrito de Setúbal.
A maior parte, (60.715) são membros de mesa em território nacional e 720 no estrangeiro, ainda segundo os dados do MAI para estas presidenciais em que podem votar 10.865.010.
Nestas eleições, e devido à pandemia de covid-19, foi decidido desdobrar as mesas de voto, que aumentaram de 2.793 para as 12.287 relativamente às eleições anteriores, passando o número máximo de 1.500 eleitores para 1.000 por cada uma.
A multiplicação do número de mesas de voto é uma forma de evitar e controlar grandes concentrações de pessoas e, assim, tentar reduzir o risco de contágio.
As eleições presidenciais estão marcadas para 24 de janeiro e esta é a 10.ª vez que os portugueses são chamados a escolher o Presidente da República em democracia, desde 1976.

Facebook
Twitter
Instagram