O Governo anuncia, esta quinta-feira, o Programa Nacional de Investimentos (PNI) 2030, que tem como um dos principais focos uma nova linha ferroviária para ligar Lisboa-Porto em um hora e 15 minutos.
Na primeira fase a linha vai servir Aveiro, Coimbra e Leiria e os comboios vão circular entre os 220 e os 250 quilómetros por hora, avança o jornal “Público”. Numa segunda fase, está previsto que os comboios circulem a 300 km/h, fazendo a viagem entre Lisboa e Porto em uma hora e quinze minutos.
A construção da linha será faseada e poderá implicar a construção de duas novas pontes a longo prazo nas duas cidades.
Já o Porto Canal revela que Porto e Vigo também vão estar ligados por uma nova ligação ferroviária de alta velocidade.
As viagens que atualmente demoram 2h22m, passam a fazer-se em apenas uma hora. O investimento será de 900 milhões de euros.
A quadruplicação da linha do comboio entre Areeiro e Braço de Prata é vista como uma “condição essencial” para aumentar a capacidade da linha de cintura, no entender do Conselho Superior das Obras Públicas (CSOP). Entre os 13 projetos ferroviários propostos no PNI 2030, esta entidade independente atribuiu a segunda melhor classificação a estes trabalhos.
Esta intervenção, estimada em 110 milhões de euros, deve ser realizada até 2026.
Também ao abrigo do PNI 2030, vai avançar a quadruplicação do troço entre Contumil e Ermesinde, permitindo o aumento da circulação de comboios de passageiros e de mercadorias num dos troços mais congestionados da rede ferroviária nacional.
Além das obras ferroviárias, este programa prevê investimentos para as estradas, os portos e a agricultura.

Facebook
Twitter
Instagram