As faculdade da Universidade Católica Portuguesa do Porto vão implementar, no próximo ano letivo, um modelo de aulas em regime combinado com o intuito de “explorar o que melhor existe” no ensino presencial e ‘online”, foi hoje anunciado.

Em comunicado, o gabinete de comunicação da Católica do Porto avança que o ensino combinado (‘blended’) vai ser, no ano letivo 2020/2021, a “grande aposta” das várias unidades académicas da universidade.
Citada no documento, Isabel Braga da Cruz, presidente do Centro Regional do Porto da Universidade Católica Portuguesa, afirma que conseguir que “gradualmente, e de acordo com o que seja seguro”, o “campus volte a encher-se de vida”.
No entanto, para evitar aglomerações de estudantes, no próximo ano letivo “os horários de aulas serão desfasados e será maximizada a utilização dos espaços”, assegura a presidente do Centro Regional do Porto, onde foi implementado um conjunto de medidas, tais como a obrigatoriedade do uso de máscara, a redução da lotação das salas de aula, anfiteatros e outros espaços em “consonância” com o distanciamento social, pontos de higienização e percursos de circulação.
“Setembro será momento de reencontro, de começar um novo ano letivo e, neste sentido, trabalharemos em conjunto para manter a vida no campus face à nova realidade que a covid-19 impulsionou”, salienta Isabel Braga da Cruz.

Facebook
Twitter
Instagram