O FC Porto venceu, esta segunda-feira, o Paços de Ferreira por 1-0 na Capital do Móvel. Mbemba marcou logo nos sete minutos iniciais e o resultado assim permaneceu. Na segunda parte, a equipa da casa tentou correr atrás do empate, mas Marchesín salvou os dragões várias vezes.
O Técnico do FC Porto falou à SportTV após a vitória sobre o Paços de Ferreira, por um golo sem resposta. Sobre a vantagem de seis pontos para o Benfica, diz que só pensa no dia de amanhã.
“Em termos de entrega ao jogo, de atitude, não há nada a dizer, os meus jogadores tiveram um coração muito grande, faz parte daquilo que são as características da equipa, o ADN da equipa. Foi um jogo difícil perante um bom adversário, o Paços está muito bem organizado, tem jogadores interessantes. É uma equipa que luta pelos seus objetivos, sabíamos que íamos ter um jogo muito difícil aqui. Hoje faltou-nos algo no nosso processo ofensivo, podíamos por vezes ficar com mais bola. Sabíamos que o Paços é uma equipa pressionante, mas houve momentos em que podíamos ter mais qualidade na nossa circulação de bola. O que fica é uma vitória, uma vitória importante. Noutros campos criámos mais oportunidades e jogámos melhor e não conseguimos vencer. Parabéns aos jogadores que fizeram um excelente trabalho na entrega ao jogo.”
“Continuamos a trabalhar. Se me perguntar se estou extremamente feliz hoje, não estou. Queria jogar melhor, chegar mais vezes à baliza, ganhar com mais do que um golo. Mas não é fácil, cada vez mais encontramos equipas com qualidade, bem organizadas, a responsabilidade é sempre maior. A nossa vontade é sempre ganhar e dar um bom espetáculo, mas por vezes não dá. Vale a luta e a entrega no jogo, essa determinação de ganhar os três pontos. O que me preocupa é o dia de amanhã, o jogo com o Belenenses.”

Facebook
Twitter
Instagram