A recomendação do Bloco de Esquerda ao Governo para a abolição do pagamento de portagens na Autoestrada 28 (A28), entre Viana do Castelo e o Porto, vai ser discutida, esta quinta-feira, em plenário da Assembleia da República.
De acordo com a informação que consta no sítio na Internet da Assembleia da República, consultado pela agência o projeto de resolução do Bloco de Esquerda (BE) deu entrada no parlamento em novembro e vai ser apreciado em sessão plenária, na quinta-feira.
No documento, o BE pede a “abolição imediata da cobrança de taxas de portagem em toda a extensão da A28”.
“Uma injustiça concreta para o Alto Minho, duramente penalizado com a introdução de portagens, com impacto significativo para as relações económicas, comerciais e turísticas do Alto Minho com a Galiza, já que 51% das mercadorias transportadas com destino a Espanha entram através da Galiza e 65% das mercadorias transportadas
O BE alerta ainda para as “dificuldades acrescidas” causadas pelo pórtico de Neiva (Viana do Castelo), referindo que “a existência de descontos para veículos de mercadorias não é suficiente para assegurar a solvabilidade financeira das micro e pequenas empresas”.

Facebook
Twitter
Instagram