O curador Miguel von Hafe Pérez recebe esta quinta-feira, no Espaço João Espregueira Mendes (EJEM), integrado no Museu FC Porto, Lúcia Almeida Matos, diretora da Faculdade de Belas Artes do Porto, para uma abordagem singular à exposição temporária “Cintilações: obras maiores do séc. XX português na coleção Ilídio Pinho”, que decorre neste espaço até ao próximo mês de fevereiro.
Agendado para as 19h00, o evento que será, também, “uma visita aos 24 trabalhos e 18 autores apresentados no segundo momento expositivo do EJEM”, vai gerar “diálogo e partilha de conhecimento”, asseguram os promotores.
Recorde-se que a exposição temporária “Cintilações: obras maiores do séc. XX português na coleção Ilídio Pinho”, aberta ao público desde outubro do ano passado e com entrada livre, é um apanhado de uma a três obras por cada década dos anos de 1900. Selecionadas a partir de um dos mais importantes acervos de arte do país, as obras apresentadas reúnem Almada Negreiros, Álvaro Lapa, Amadeo Souza-Cardoso, Ângelo de Sousa, Arpad Szenes, Augusto Gomes, Eduardo Batarda, João Vieira, Jorge Barradas, Jorge Pinheiro, Júlio, Júlio Pomar, Júlio Resende, Manuel Rosa, Mário Eloy, Nikias Skapinakis, Paula Rego e Vieira da Silva numa convergência expositiva que também inclui trabalhos raramente acessíveis ao público em geral.
Em fevereiro, dia 20, o Espaço João Espregueira Mendes receberá mais “Uma conversa entre…”, com Miguel von Hafe Pérez e Laura Castro.

Facebook
Twitter
Instagram