O parlamento grego elegeu esta quarta-feira como Presidente da Grécia Ekaterini Sakellaropoulou, fazendo dela a primeira presidente da mulher na história do país.

Ekaterini Sakellaropoulou, de 63 anos, atual presidente do Conselho de Estado, reuniu 261 votos entre os 300 deputados gregos, incluindo quase todos os deputados do partido no Governo, a conservadora Nova Democracia, e dos maiores partidos da oposição, o esquerdista Syriza e a coligação de centro-esquerda Movimento de Mudança.
Enquanto a autoridade do presidente é limitada pela constituição, o titular do cargo é o comandante em chefe das forças armadas do país e é frequentemente consultado sobre assuntos importantes em uma capacidade consultiva.
“Chegou a hora da Grécia se abrir para o futuro”, disse ele na semana passada.
A ação foi apoiada pelo conservador partido de Nova Democracia de Mitsotakis, mas também pelo partido de oposição Syriza, liderado pelo ex – primeiro -ministro Alexis Tsipras, que elogiou Sakellaropoulou como um “juiz excepcional” e defensor dos direitos humanos.
Sakellaropoulou, nascida em Thessaloniki, é filha de um juiz do Supremo. Estudou Direito em Atenas e concluiu os seus estudos de pós-graduação na Sorbonne em Paris. É conhecida pela sua atitude progressista em questões como discriminação e mudança climática.
“A Grécia entra numa nova era hoje. O país entra na terceira década do século 21 com uma mulher Presidente. Desejo à senhora Sakellaropoulou uma Presidência bem-sucedida”, disse o primeiro-ministro Kyriakos Mitsotakis após a eleição.

Facebook
Twitter
Instagram