Os preços das casas continuam a subir. Em Portugal, no terceiro trimestre, aumentaram 10,3%, bastante acima da média europeia. Esta valorização que coloca o país no top da Europa, de acordo com o Eurostat. Só em três países dos 28 se registaram subidas mais expressivas.
De acordo com dados do gabinete europeu de estatísticas, os preços médios das casas cresceram 4,1% na União Europeia entre o início de junho e o final de setembro, em termos homólogos. A mesma taxa de variação foi registada na Zona Euro.
De forma desagregada, com um aumento de 10,3% no preço dos imóveis, Portugal aparece em 4.º no ranking dos países em que os preços mais subiram nos três meses terminados em setembro de 2019. Restringindo a análise à Zona Euro, Portugal ocupa assim o segundo posto entre os países com ritmos de aceleração de preços mais acentuados.
Em todos os países europeus houve uma valorização nos preços das casas, em termos homólogos. Contudo, na maioria deles os aumentos foram bem menos acentuados, tendo Itália registado a subida menos expressiva: 0,4%. Em Espanha, os preços aumentaram em 4,8%, de acordo com os dados do Eurostat.

   

Facebook
Twitter
Instagram