Humberto Brito, presidente da Câmara Municipal de Paços de Ferreira, explica que “muitas das nossas questões passam-se na região do Porto e não na Comunidade Intermunicipal do Tâmega e Sousa. Existem grandes motivos para o município querer juntar-se à Área Metropolitana do Porto como a localização geográfica, as afinidades com o concelho do Grande Porto e as questões financeiras”.

Facebook
Twitter
Instagram