O patologista Manuel Sobrinho Simões foi distinguido como Honorary Fellow do britânico Royal College of Pathologists, segundo revelou a Universidade do Porto.

O fundador e diretor do Ipatimup e Professor Emérito da U.Porto junta-se assim a uma lista “restrita de personalidades de grande distinção e mérito”, entre os quais se incluem vários prémios Nobel.
Também membro da Comissão Diretiva do Instituto de Investigação e Inovação em Saúde (i3S), Sobrinho Simões, que foi considerado o patologista mais influente do mundo pela revista científica “The Pathologist”, tem conquistado diversos prémios internacionais, é co-autor de cerca de 350 artigos científicos originais e outros textos.
A par da carreira científica, Sobrinho Simões afirmou-se como docente na Faculdade de Medicina da U.Porto, onde se formou e onde Professor Catedrático de Anatomia Patológica até à sua jubilação, em 2017. Lecionou também na Faculdade de Medicina da Universidade de Zhengzhou e em cerca de 30 universidades e institutos de oncologia europeus, norte-americanos, latino-americanos e asiáticos. Foi igualmente Chefe de Serviço no Centro Hospitalar de São João, no Porto.

Facebook
Twitter
Instagram