Faltam ortopedistas no Hospital de Famalicão, o que faz com que existam momentos em que não há nenhum especialista para atender os casos os urgentes.

Os médicos dizem que a situação é grave, põe em causa a saúde dos cidadãos e obriga à transferência dos doentes para Braga ou para o Porto.

Facebook
Twitter
Instagram