Jorge Jesus na conferência de imprensa disse que o adversário foi melhor nos penáltis, mas não nos 90 minutos.

A equipa de Jorge Jesus foi eliminada da Copa do Brasil, depois de perder o último jogo em fase de penáltis. O treinador português fala de uma saída da competição “cruel”.
O português Jorge Jesus estreou-se a ganhar aos comandos do Flamengo, mas a sorte virou esta madrugada, com a equipa a ser eliminada da Copa do Brasil. Frente ao Athlético Paranaense, o Flamengo perdeu nas grandes penalidades da segunda mão nos quartos de final.
A equipa de Jorge Jesus chegou às penalidades depois de repetir o resultado da primeira mão, 1-1. Foi Diego, ex-jogador do FC Porto, quem falhou a grande penalidade, o que ditou a eliminação do Flamengo na respetiva competição.
Em conferência de imprensa, citado pela RTP, o treinador português disse que “não foi fácil” perder assim, visto a sua equipa ter sido superior durante o jogo: “Não é fácil perder nas grandes penalidades nos quartos de uma competição como esta. O Flamengo foi superior durante os 90 minutos de jogo”.
Jorge Jesus comentou ainda que o Flamengo “fez um grande jogo”, embora não tenha conseguido “chegar aos golos”. “O facto de ser eliminada nos penáltis tira o brilho do que a equipa fez ao longo do jogo. Se tivéssemos passado, todos diriam que o Fla esteve muito bem. Saímos de uma maneira cruel, pois quando somos eliminados nos penáltis acabamos por sentir mais a derrota”, disse ainda.
O próximo jogo está marcado para o próximo domingo e será frente ao Corinthians.

Facebook
Twitter
Instagram