A coordenadora nacional do BE revelou “alguma perplexidade” sobre as declarações do líder parlamentar do PS, Carlos César, considerando que “é um erro” remeter a revisão da Lei de Bases da Saúde para a próxima legislatura.

“Li com alguma perplexidade as afirmações de Carlos César, que prefere atirar para a próxima legislatura a Lei de Bases a fazer o que nós propomos, que é atirar para a próxima legislatura a decisão sobre as PPP [parcerias público-privadas], mas garantir já uma Lei de Bases da Saúde”, afirmou à Lusa e à RTP Catarina Martins, num arraial popular no bairro da Mouraria, em Lisboa.
O líder da bancada socialista, Carlos César, assumiu que a nova Lei de Bases da Saúde poderá ter de ficar para a próxima legislatura, devido a um impasse nas negociações com PCP e BE, que acusa de cometerem um “erro indesculpável e injustificável” se não aprovarem o diploma.

Facebook
Twitter
Instagram