A RAMPA, associação cultural que abriu portas em Maio, junta artistas, curadores, investigadores, designers e arquitetos para funcionar como ponto de encontro entre o contexto artístico local e o internacional.

A missão deste novo espaço cultural no Porto é ter produção independente e promover a visibilidade dos artistas do Porto ativando a relações com artistas internacionais. Queremos fazer deste espaço um ponto de colaboração entre o tecido artístico nacional e os artistas internacionais”, disse Alexandra Balona, um dos membros fundadores do Rampa.
O Rampa situa-se numa “semi-cave”, “com 240 metros quadrados de área” no Pátio do Bolhão, junto à Rua do Bolhão, com a exposição “Lost Lover”, da curadora sul-africana Lara Koseff, onde se vai poder ver pela primeira vez no Porto a obra “Illusions Vol. II Oedipus”, da artista portuguesa Grada Kilomba, que acaba de lançar em Portugal o livro “Memórias da Plantação”.
A curadora, investigadora e crítica, cuja intervenção incidirá nas artes performativas, sublinha que o nome do projecto alude “ao ponto de chegada e partida que quer ser ao trazer cá agentes culturais internacionais ou promover os artistas locais”.
A RAMPA apresenta-se como um lugar de abertura e experimentação que privilegia o conteúdo e o discurso em detrimento da forma ou expressão artística. “O desafio será convocar vozes e olhares que ampliem a nossa capacidade de reflectir sobre as problemáticas mais urgentes à escala global”, diz Nuno de Campos. Questões ligadas ao género, etnia, descolonização e descentralização de práticas curatoriais e do pensamento são alguns dos temas que atravessam a programação.
A visão multidisciplinar do espaço torna-o uma tela em branco – no sentido metafórico e literal, já que vai preservar o carácter cru e despido das suas paredes –, para receber propostas de todo o tipo de criadores, e mesmo de não-criadores. “Não havendo hierarquização de disciplinas, tanto podemos ter um screening como uma performance ou uma exposição”, nota o designer Sérgio Alves.

Facebook
Twitter
Instagram