As anteriores edições do Encontro de Escritores de Língua Portuguesa decorreram na cidade de Natal (Brasil), em Luanda (Angola) e na cidade da Praia (Cabo Verde).

A Biblioteca Nacional de Cabo Verde (Várzea, cidade da Praia) vai acolher, de 20 a 22 de junho, a 9.ª edição do Encontro de Escritores de Língua Portuguesa, um evento em torno da língua portuguesa, organizado pela UCCLA e pela Câmara Municipal da Praia, que contribui para o diálogo e a aproximação entre os escritores dos diferentes continentes.
Este encontro tem como tema principal “A Literatura Infantojuvenil” e 3 subtemas: “Pôr imagens e sons nas palavras, pôr palavras nas imagens”, “A Literatura Infantojuvenil, lugar de afeto e da emoção” e “Escrever o mundo, escrever-se a si”.
A sessão de abertura desta edição decorrerá no dia 20 de junho, às 16H00, no Parque 5 de Julho, e contará com as intervenções do primeiro-ministro de Cabo Verde, Ulisses Correia da Silva, do presidente da Câmara Municipal da Praia, Óscar Santos, do secretário-geral da UCCLA, Vitor Ramalho, e do presidente da EMEP – Empresa de Mobilidade e Estacionamento da Praia, Victor Coutinho.
Será ainda feita uma homenagem ao escritor cabo-verdiano Germano Almeida – Prémio Camões 2018 -, que “dará um enriquecimento ainda maior” a este IX Encontro de Escritores de Língua Portuguesa.
No âmbito do programa do encontro haverá, também, visita a escolas – para ouvir os alunos falarem sobre literatura -, assim à Assomada, Tarrafal e Cidade Velha.
Já participaram mais de 100 escritores, entre os quais escritores consagrados pelos principais prémios literários das literaturas escritas em Língua Portuguesa – incluindo seis prémios Camões: Arménio Vieira, Eduardo Lourenço, João Ubaldo Ribeiro, Pepetela, Mia Couto e Germano Almeida -, mas também escritoras e escritores de diferentes gerações e tradições literárias.

Facebook
Twitter
Instagram