Buscas realizadas pela Polícias Judiciária culminaram com a detenção do diretor coordenador e contabilista de uma Santa Casa da Misericórdia situada no distrito de Portalegre.

Unidade Nacional de Combate à Corrupção da Polícia Judiciária (PJ) deteve um suspeito da autoria de crimes de peculato e participação económica em negócio.
Em comunicado, a PJ informa que o suspeito, de 52 anos, se terá apropriado de um montante apurado até agora de 300 mil euros enquanto diretor coordenador e contabilista de uma unidade da Santa Casa da Misericórdia no distrito de Portalegre, entre 2009 e 2018. O dinheiro era depois utilizado para despesas pessoais, familiares e também pagar despesas de uma empresa em seu nome.
A detenção foi efetuada no âmbito de uma operação que envolveu duas buscas domiciliárias e cinco buscas não domiciliárias. A PJ comunica que foram “recolhidos importantes meios de prova dos factos em investigação”.

Facebook
Twitter
Instagram