Mais de 10.000 pessoas foram evacuadas de suas casas no leste do Canadá nos últimos dias, quando as enchentes da primavera atingiram níveis recordes em 2017, disseram autoridades na segunda-feira, alertando que pode levar semanas para que as águas diminuam.

Enquanto isso, uma operação está em andamento para resgatar animais de estimação das casas na área que tiveram que ser abandonadas durante as evacuações.
A cidade mais atingida foi Sainte-Marthe-sur-le-Lac, a oeste de Montreal, onde mais de 6.000 pessoas foram obrigadas a fugir das águas durante o fim de semana, depois que um dique natural foi atingido.
Inundações na cidade “estão a estabilizar”, disse a ministra da Segurança Pública de Quebec, Genevieve Guilbault, em entrevista coletiva.
“Os níveis de água estão a diminuir e esperamos poder proteger a área”, disse, observando que a construção de novas barreiras de cascalho está em andamento para manter as águas sob controle.
Cerca de 9 mil pessoas foram deslocadas na província de Quebec, ou o dobro disso em 2017, que teve a pior enchente da região em meio século.
Cerca de 40 animais foram resgatados desde o final do domingo.

Facebook
Twitter
Instagram