Styling, fotografia de moda, análise de tendências, e-marketing e styling editorial são alguns dos temas a abordar durante o curso, que terá a duração de 8 meses. Os formandos com melhor desempenho poderão ser convidados para um estágio de 2 meses no Centro de Creative Operations da Farfetch, em Guimarães.

A Farfetch, plataforma líder global para a indústria da moda de luxo, e o Modatex – Centro de Formação Profissional da Indústria Têxtil, Vestuário, Confeção e Lanifícios – acabam de lançar o curso de E-Commerce Fashion Styling.
Há 20 vagas disponíveis para a formação, que terá início a 11 de junho. Os interessados podem candidatar-se até ao dia 17 de maio.
Formadores da Farfetch e diferentes profissionais de styling e de produção de moda abordarão, ao longo do curso, diferentes áreas do styling, fotografia de moda, análise de tendências, e-marketing e styling editorial, sempre com foco no styling para e-commerce.
Os alunos com melhor desempenho poderão ser convidados para um estágio de 2 meses no Centro de Creative Operations da Farfetch, em Guimarães, “área responsável pelo processamento digital da maioria dos produtos introduzidos e disponibilizados na plataforma, desde a fotografia à edição de imagem”.
“Estamos muito felizes por iniciarmos esta parceria com o Modatex, que é uma entidade com uma vasta experiência na formação de profissionais nas áreas da moda. Com as nossas Creative Operations a crescerem a um ritmo muito acelerado, acreditamos que faz todo o sentido termos um papel mais ativo também na formação em áreas como o styling para e-commerce, que, na verdade, é uma área que já temos vindo a ajudar a desenvolver em Portugal”, considera Rui Silva, VP de Creative Operations da Farfetch.
Já João Melo Costa, Coordenador Pedagógico de Moda do Modatex, assinala que “ao pensar nas profissões do futuro e pelo contacto direto com a realidade do mundo do trabalho, detetamos uma necessidade de formar pessoas para o digital. A Farfetch é o parceiro ideal para nos iniciarmos na formação de moda neste contexto, não só por ser uma empresa global de referência em e-commerce, mas também pela vontade comum de construir bases mais sólidas na formação de novos profissionais, num futuro que se avizinha cada vez mais exigente e competitivo”.

Facebook
Twitter
Instagram