Monumento Nacional desde 2013, a Igreja do Carmo, da Venerável Ordem Terceira de Nossa Senhora do Carmo do Porto, abriu na terça-feira novos espaços para visita ao público.

A aposta na requalificação deste símbolo da cidade, construído no século XVIII, tem sido constante, motivo pelo qual menos de um ano depois da abertura da famosa Casa Escondida, inaugura seis novos espaços históricos, a saber: a Tribuna do Senhor dos Passos, o Salão Nobre, antiga Sala do Despacho, a Sala dos Paramentos, a Sala dos Hábitos, a Sacristia e o Auditório.
Na Tribuna do Senhor dos Passos, os visitantes terão acesso às traseiras do mesmo altar, onde ao longo dos tempos, “os crentes puderam beijar o pé do Senhor”, explica o comunicado enviado à VIVA!. De seguida, encontrarão o Auditório, onde será exibido um breve documentário sobre a história da Ordem.
Segue-se, depois, o Salão Nobre, local “onde se reunia a Mesa que dirigia a Instituição”. Outra das grandes novidades é a Sala dos Paramentos, onde ficará “uma exposição permanente dos paramentos utilizados pelos sacerdotes, entre eles o oferecido pelo Rei D. Carlos Alberto”. Neste mesmo espaço, estarão, ainda, duas “cadeirinhas”, utilizadas para transportar os doentes da Ordem do Carmo, e duas cadeiras de parto do antigo hospital.
Continuando a visita, o público encontrará a Sala dos Hábitos, local “onde se guardam os hábitos e as varas, usados pelos membros da Mesa em cerimónias públicas”. Por fim, passará pela Sacristia, o último ponto de visita no interior da Igreja, seguindo para a fachada lateral da mesma, onde “poderá desfrutar do grandioso painel de azulejos”.
De salientar que a Igreja da Venerável Ordem Terceira de Nossa Senhora do Carmo, construída ao estilo barroco-rococó, foi, em 2018, visitada por mais de 70 mil pessoas, número que se pretende ultrapassar com esta aposta.
As visitas realizam-se à segunda-feira das 12 às 18 horas e de terça-feira a domingo das 10 às 18 horas.

Facebook
Twitter
Instagram