Depois de cinco edições do programa pré-graduado Blue Young Talent (BYT), o Centro Interdisciplinar de Investigação Marinha e Ambiental (CIIMAR) junta-se à Fundação Amadeu Dias para fazer nascer o BYTplus, o programa pós-graduado da família Blue Young Talent.

Com o sucesso do programa pré-graduado BYT CIIMAR, dedicado a estudantes do último ano de licenciatura da Universidade do Porto, e que se encontra já na sua 5.ª edição, surge a possibilidade da criação de uma versão pós-graduada do programa, dedicada aos melhores alunos do primeiro ciclo que estejam a frequentar o primeiro ano de um curso de mestrado numa universidade portuguesa.
O programa BYTplus financiado pela Fundação Amadeu Dias tem como principais objetivos a captação de talentos na área das ciências e biotecnologias marinha e ambientais em parceria com a indústria e PMEs, proporcionando aos seus alunos uma formação complementar pós-graduada em ambiente científico de excelência, estimulando a transferência de ciência e tecnologia para as empresas.
Os candidatos selecionados terão a oportunidade de realizar a sua dissertação de mestrado, durante 10 meses, com a atribuição de uma bolsa de 350€ mensais, integrados numa equipa de investigação do CIIMAR, nas áreas da biotecnologia marinha, alterações globais e serviços dos ecossistemas, conservação, aquacultura e nutrição. Os jovens talentos serão envolvidos num ambiente científico e empresarial estimulante e terão a oportunidade de participar num programa de enriquecimento pós graduado que incluirá um conjunto de atividades que potenciará a excelência científica, o empreendedorismo na área do mar e a inserção no mercado de trabalho. De entre as atividades deste programa de enriquecimento destacam-se Workshops de técnicas Científicas, participação em atividades de comunicação de ciência e contactos com startups na área do Mar.
“O programa permitirá ainda acompanhar os alunos que pretendam posteriormente avançar para um programa doutoral, assim como os que tenham como objetivo a inserção imediata no mercado de trabalho funcionando como facilitador de uma interação mais próxima entre os estudantes e fomentando o intercâmbio de experiência”, complementa Vítor Vasconcelos, diretor do CIIMAR.
Tal como a versão pré-graduada, o programa BYTplus s finalizará com a apresentação pública dos trabalhos desenvolvidos pelos jovens talentos e a atribuição de um prémio ao melhor projeto de mestrado a ser apresentado num congresso internacional.
A seleção dos participantes no programa será feita com base na média de licenciatura e adequação da área do mestrado ao tema do projeto selecionado. As candidaturas para a primeira edição dos programas BYT e BYTplus iniciam-se a 12 de Abril de 2019 e os resultados estarão disponíveis em Maio. Todas as informações sobre os programas estão disponíveis no website do programa.

Facebook
Twitter
Instagram