A Cooperativa cultural Árvore, em parceria com o Tribunal da Relação do Porto, organiza uma exposição voltada para o tema “Mulher”, para comemorar o centenário da poeta Sophia de Mello Breyner Andressen e o Dia Internacional da Mulher.

No Tribunal da Relação do Porto, o Dia Internacional da Mulher foi assinalado com a inauguração da exposição “Sophia Mulher Poesia”, uma mostra que reúne peças de pintura, escultura e fotografia, organizada pela Árvore – Cooperativa de Atividades Artísticas.
A exposição conta com o trabalho de vários artistas prestigiados da cidade do Porto. Entre eles, Alberto Péssimo, Alexandre Rola, Ana Torrie, Aníbal Lemos, José Emídio, Rosa Godinho, Carlos dos Reis, Margarida Reis, Luísa Gonçalves, Olívia da Silva e Ricardo Leite.
As obras em exibição exprimem uma ligação entre elas através de um “estilo de equilíbrio estrutural, suscetível de controlar uma ansiedade expressiva”, como se descreve no texto de apresentação da mostra, assinado pela Direção da Cooperativa Árvore. Os trabalhos refletem “uma plena especificidade e maturidade, e não uma preocupação por polémicas ou discussões teóricas”, refere ainda o texto. A exposição espelha a interação de várias realidades, apresentando diferentes narrativas e “desenvolvendo uma linguagem poética própria”.
A inauguração da exposição “Sophia Mulher Poesia” decorreu na sexta-feira a par de uma cerimónia que homenageou as mulheres, a poesia e o ano centenário de Sophia de Mello Breyner.
Várias mulheres usaram da palavra na cerimónia para abordarem o papel da mulher na sociedade e Sophia de Mello Breyner enquanto mulher e poetisa. Após as intervenções, seguiu-se um momento de leitura de alguns poemas de Sophia, pela atriz Emília Silvestre.

O projeto expositivo está patente até 23 de março no Tribunal da Relação do Porto, alcançando o Dia Mundial da Poesia, que é celebrado a dia 21 deste mês.

Facebook
Twitter
Instagram