A Oliveirense somou hoje a terceira vitória consecutiva, ao vencer o Mafra por 3-2, na 21.ª jornada da II Liga portuguesa de futebol, na estreia de Filipe Pedro no banco dos mafrenses, numa partida disputada em Matosinhos.

A jogar em ‘casa emprestada’ pelo Leixões, a Oliveirense consentiu o primeiro golo da partida aos 31 minutos, golo de Ruca, mas empatou por intermédio de Paraíba ainda no primeiro tempo (40), fazendo a reviravolta com golos de Fati (55) e Oliveira (67), de grande penalidade, enquanto o Mafra reduziu aos 86, num autogolo de Filipe Gonçalves.
Com duas claras ocasiões de golo para os oliveirenses, uma delas impedida por uma excelente intervenção de Godinho, o Mafra demonstrava dificuldades em ultrapassar a pressão inicial dos adversários, mas, quando o fazia, chegava rapidamente à área de Kadu, inaugurando o marcador num remate forte e colocado de Ruca.
A Oliveirense igualou antes do intervalo, num contra-ataque conduzido por Fati, que serviu Paraíba à entrada da área, tendo o médio brasileiro dominado e a atirado forte para o fundo das redes.
No início da segunda parte, dupla oportunidade para os mafrenses, primeiro com Ruben Freitas numa recarga a atirar por cima, depois João Paredes seguiu isolado para a baliza, mas, na ‘cara’ de Kadu, também rematou acima da trave.
Logo a seguir, uma saída rápida da Oliveirense terminou nos pés de Fati, com o guineense a tirar o defesa da frente e a rematar colocado ao poste mais longínquo, assinalando a reviravolta, que viria a ser aumentada na conversão de uma grande penalidade por Oliveira.
A cinco minutos do fim, um mau passe de Juary comprometeu a equipa, mas Bouldini, servido por Diogo Valente, desperdiçou a oportunidade, enquanto dois minutos depois, uma falha de comunicação entre Filipe Gonçalves e Kadu, terminou com o médio a marcar na própria baliza.
Até ao final, a formação de Pedro Miguel conseguiu defender o resultado e somar uma vitória importante, que coloca a equipa longe dos lugares de despromoção, enquanto o Mafra continua na metade superior da tabela.

Jogo realizado no Estádio do Mar, em Matosinhos.

Oliveirense — Mafra: 3-2.

Ao intervalo: 1-1.

Marcadores:

0-1, Ruca, 31 minutos.

1-1, Paraíba, 40.

2-1, Fati, 55.

3-1, Oliveira, 67 (grande penalidade)

3-2, Filipe Gonçalves, 86 (própria baliza).

Equipas:

– Oliveirense: Kadu, Diogo Sousa, Mathaus, Sérgio Silva, Diogo Clemente, Filipe Gonçalves, Paraíba (Diogo Valente, 75), Oliveira (João Graça, 78), Sérgio Ribeiro, Agdon (Bouldini, 84) e Fati.

(Suplentes: Coelho, Alemão, Bouldini, Erick Moreno, Diogo Valente, Manuel Godinho e João Graça).

Treinador: Pedro Miguel.

– Mafra: Godinho, Rúben Freitas, Miguel Lourenço, Juary Soares, Ruca, Cuca, Sérgio Ministro (Pedro Ferreira, 77), Rui Pereira, Bruninho, João Paredes (Flávio Silva, 64) e Zé Tiago (Mauro Antunes, 70).

(Suplentes: Raphael Cruz, Hugo Santos, Pedro Ferreira, Flávio Silva, Guilherme Ferreira, Mauro Antunes e Hugo Ventosa).

Treinador: Filipe Pedro.

Árbitro: Vítor Ferreira (AF Braga).

Ação disciplinar: cartão amarelo para João Paredes (27), Filipe Gonçalves (45), Juary Soares (65), Paraíba (70), Cuca (72), Mathaus (74) e Pedro Ferreira (79).