A Federação das Coletividades do Distrito do Porto (FCDP) passa, a partir deste sábado, a ter uma mulher como presidente, facto que acontece pela primeira vez na sua história de 75 anos.

Joana Nogueira, da Escola Karaté Shotokai do Marco de Canaveses, foi eleita a 25 de janeiro último e toma posse, juntamente com os novos corpos gerentes da federação, em cerimónia que se realiza pelas 16 horas no Salão Nobre da Casa da Beira Alta no Porto (Rua de Santa Catarina, 147).

Para o mandato do triénio 2019-2021, Joana Nogueira substitui no cargo Domingos Martins, do Clube de Caça de Pesca de Aguiar, que assume uma das vice-presidências da FCDP. As restantes são ocupadas pelos representantes do Grupo de Motares de Santa Quitéria (Júlio Ferreira), Mundis (Levi Silva), Grupo Desportivo do Viso (António Guedes), Centro Social de Soutelo (Luiz Gonzaga), Casa da Beira Alta (Olívia Fagundes), Pedrouços Clube Atlético (Rui Maia) e Centro Social de Soutelo (José Sousa).

O novo Conselho Fiscal é presidido pelo Novo Ato (Rui Martins) e tem como vice-presidente o Rancho Folclórico de Argoncilhe (Afonso Jesus), sendo relator a Cooperativa de Ramalde (Maria Campinho).

A Assembleia Geral tem na presidência a Cooperativa de Ramalde (José Lopes) e na vice-presidência o Rancho Folclórico de Figueiró (Maria Carvalho), sendo secretário o Rancho Folclórico da Reguenga (José Neto).