Ranking tem em conta o número de países em que cada passaporte permite entrar sem necessidade de visto e é feito por uma consultora internacional.

Portugal tem o sexto passaporte mais poderoso do mundo em 2019, segundo a tradicional listagem do “Henley Passport Index” – mas desceu uma posição relativamente ao ano passado. A lista identifica o número de países onde pode entrar sem qualquer entrave o portador de determinado passaporte.
Os portadores de passaportes portugueses podem entrar sem visto em 185 países, tantos como os portadores de passaportes norte-americanos, ingleses, austríacos, holandeses, suecos e noruegueses – e apenas em menos cinco países do que os japoneses, cujos cidadãos têm fronteiras abertas em 190 países.
O índice Henley Passport avalia periodicamente a capacidade dos passaportes em todo o mundo, tendo em conta o número de países a que dão acesso sem necessidade de obtenção de visto.
Depois do Japão, que lidera a lista, surgem Singapura e Coreia do Sul (ambos podendo entrar em 189 países), França e Alemanha (188). Dinamarca, Finlândia, Itália e Suécia (187). Como seria de esperar, Síria, Afeganistão e Irão encerram a lista.
Nem todos os passaportes são iguais. O português é o sexto mais poderoso do mundo, enquanto os do Reino Unido e dos Estados Unidos estão em queda no ranking.

Facebook
Twitter
Instagram