Pinto da Costa voltou a garantir que Éder Militão não sai do clube em Portugal e salientou que Herrera e de Brahimi, que terminam no final desta época, é que devem decidir se vão continuar no Dragão ou não. Presidente do FC Porto confirmou ainda que Fernando Andrade foi um pedido expresso de Sérgio Conceição e que o Benfica também esteve interessado no jogador.

“Nunca se sabe se poderá vir mais alguém ou não. Consideramos que temos um plantel excelente e a prova está naquilo que esse mesmo plantel tem feito. Agora, se possível, vamos melhorando e retocando o grupo, conforme as pretensões do treinador”, afirmou o dirigente portista, sublinhando que a chegada do avançado brasileiro foi um pedido expresso de Sérgio Conceição.
Conforme o que estava combinado, veio almoçar com os nossos dirigentes, entre os quais Luís Gonçalves, e assinou o contrato como tinha prometido”, acrescentou, antes de confirmar que o Benfica esteve interessado no jogador.
Os jornais disseram-no e posso afirmar que ele esteve no Estádio da Luz na passada sexta-feira, levado pelo senhor José Luís [ex-diretor desportivo do Aves], que estranhamente parece que trabalha no Olhanense. O Fernando já nos tinha dado a palavra e nós também já tínhamos chegado a acordo com o Santa Clara, mas ele foi à Luz porque tinha prometido ir, o que mostra que é realmente um jogador de palavra”, disse.